Governo

Cartões seguros e eficientes

As soluções de impressão e codificação Evolis permitem que os governos produzam documentos oficiais altamente seguros e evitam a falsificação de carteira de identidade.

Identifique seu projeto para identificar o equipamento certo

Um projeto de emissão de documentos oficiais em cartões caracteriza-se pela categoria de seu público-alvo. Em outras palavras: a quem se destinam os cartões? Existem dois tipos principais de projetos de impressão de cartões do governo: projetos voltados para uma população-alvo específica e aqueles em escala nacional.

Projetos voltados para uma população-alvo

Neste tipo de projeto, o grupo de pessoas é, na maioria das vezes, definido de acordo com critérios sociodemográficos ou profissionais. Pode ter como alvo, por exemplo, todos os habitantes de uma mesma cidade, pessoas de uma determinada idade ou mesmo aqueles que exerçam uma determinada profissão (carteira de policial, carteira de militar, etc.). Ao lhes fornecer um cartão personalizado, você permite que façam uso dos vários serviços, vantagens, privilégios ou direitos de que dispõem. O cartão serve como prova física oficial de que pertencem ao grupo definido.

Neste tipo de projeto, o volume de cartões emitidos é relativamente pequeno, o que torna a impressão instantânea de cartões ainda mais adequada. Você pode imprimir esses cartões de forma responsiva, sob demanda, e emitir cartões instantaneamente para as pessoas desejadas. Um método muito interessante de obter acesso à população-alvo.

Projetos em escala nacional

Esses projetos visam a toda a população de um país. O número de cartões emitidos é frequentemente muito grande, variando de alguns milhares a vários milhões.

Pode ser a impressão de carteiras de identidade nacional, carteiras de motorista, cartões de seguro saúde, títulos de eleitor, etc. Alguns desses projetos podem ser executados com impressoras industriais, em países com infraestrutura adequada instalada.

Para países que não têm serviços adequados, imprimir com impressoras de mesa oferece uma solução óbvia, flexível e fácil de implantar.

Impressão centralizada ou instantânea?

As impressoras de mesa são adequadas para impressão centralizada e instantânea.

Para impressão instantânea, as impressoras são enviadas para diferentes locais. Isso permite que as máquinas sejam distribuídas geograficamente e torna a capacidade de produção facilmente acessível e responsiva.

A impressão centralizada também é possível com nossas impressoras de cartões. Nessa configuração, elas estão todas agrupadas no mesmo lugar.

Em comparação com máquinas industriais, a instalação e o comissionamento das impressoras de mesa são atividades muito mais rápidas, o que é ideal para projetos com prazos apertados. A capacidade de produção também pode ser ajustada com muito mais facilidade, adaptando o número de impressoras instaladas.

As vantagens das impressoras de mesa em todas as fases da impressão de documentos oficiais

Seja em escala local ou nacional, cada projeto segue um processo de quatro etapas, desde o registro dos dados pessoais até o uso final do cartão.

Registro e gerenciamento de dados pessoais

Esta etapa começa com a coleta de dados da população. Esses dados podem incluir sobrenome, nome, data de nascimento, mas também dados biométricos através da impressão digital, por exemplo. As impressoras de mesa podem então integrar esses dados diretamente no cartão do futuro usuário, fornecendo personalização gráfica por meio da função de impressão e personalização elétrica por meio de várias opções de codificação.

Produzindo o documento oficial

A personalização gráfica e elétrica nem sempre é suficiente para produzir um cartão finalizado e pronto para usar. Por razões de segurança e durabilidade, pode ser necessária a laminação com pacotes e verniz, possivelmente incluindo elementos holográficos. Todas as funções que podem ser facilmente executadas de forma instantânea por uma impressora de cartão.

Distribuindo o documento oficial

Em um sistema de impressão instantânea descentralizado, o cartão é impresso e imediatamente entregue ao usuário. A distribuição não depende de serviço postal: dependendo do país, este pode ser mais ou menos confiável (perda ou roubo de correio) e pode envolver prazos de entrega muito longos. Com uma solução de impressão instantânea de cartões, a taxa de pessoas cadastradas que realmente recebem o cartão tende a 100%.

Usando o documento oficial

O documento oficial emitido é então utilizado de forma mais ou menos regular, conforme o caso. Esses documentos oficiais geralmente têm uma vida útil relativamente longa, portanto o meio usado também deve ser altamente durável. Graças à opção de laminação disponível em algumas impressoras, o documento pode durar até 10 anos.

Respostas concretas aos desafios enfrentados pelos governos

Existem diferentes questões a serem levadas em consideração na produção desses documentos oficiais:

  • Promover a inclusão para oferecer os mesmos direitos a todos
  • Garantir a segurança dos documentos para reduzir fraudes,
  • Produzir documentos de alta qualidade,
  • Limitar o custo dos documentos oficiais.

Promover a inclusão por meio da distribuição inclusiva

A inclusão é um critério central porque reflete a igualdade entre todos os habitantes. Significa que todos podem acessar os mesmos serviços e ter os mesmos direitos. Então, como podemos garantir que o máximo possível da população possa ter acesso aos documentos oficiais e, assim, prevenir qualquer forma de discriminação? A resposta a esta questão reside em grande parte na escolha de um modo inclusivo de distribuição.

A melhor forma de lidar com esta fase decisiva da distribuição é entregar o documento oficial em mãos. Isso garante a correta distribuição do documento em questão, ao contrário da utilização de um serviço postal, que envolve o risco de não entrega. As impressoras de cartões organizadas para impressão descentralizada são particularmente adequadas neste caso, pois permitem que os cartões sejam emitidos na hora.

São compactas e fáceis de instalar, o que as torna muito flexíveis e permitem várias opções de utilização:

  • Em locais diferentes, espalhados por todo o país: particularmente adequadas para países formados por várias ilhas ou com regiões geograficamente separadas. Isso pode ser implementado por meio de terminais de autosserviço.
  • Usar uma solução portátil (por exemplo, em uma caixa): permite cobrir vastos países com grandes áreas e baixa densidade populacional. As impressoras utilizadas para este tipo de projeto são totalmente autônomas e utilizam energia solar. Eles também possuem uma capa protetora para suportar as condições de transporte (sujeira, areia, terra, etc.).

Esses dois modos de uso tratam de questões de transporte e, portanto, promovem o acesso a toda a população.

Produção de documentos seguros usando as tecnologias apropriadas

A questão da segurança para os governos ao produzir documentos oficiais é dupla:

  • Garantir um processo de produção seguro,
  • Produzir um documento final com o nível de segurança necessário.

A emissão instantânea de documentos oficiais com impressoras de cartões atende a esses dois objetivos. Este equipamento pode ser protegido usando diferentes tipos de sistemas de travamento. Isso evita o acesso e, portanto, o roubo de materiais de consumo (cartões e fitas), bem como de cartões rejeitados e não distribuídos, que poderiam ser usados ​​para fins fraudulentos.

Os dados impressos também podem ser protegidos. Graças a tecnologias como codificação digital e codificação da fita, os dados não são armazenados nas impressoras nem podem ser lidos na fita.

A impressão instantânea descentralizada de cartões também evita o uso de fornecedores, muitas vezes localizados fora do país. Essa produção local permite que os países mantenham o controle independente dos dados de suas populações. O governo fica então totalmente independente na produção de seus documentos oficiais e tem acesso a um processo mais seguro que não depende de terceiros.

A segurança também está relacionada ao próprio documento. O objetivo aqui é dificultar ao máximo a falsificação do documento oficial. Para tal, a impressora realiza a personalização gráfica e elétrica do cartão. Dependendo do grau de personalização e das tecnologias utilizadas, você tem acesso a vários níveis de segurança, do mais básico ao mais avançado: dados pessoais, foto colorida, tarja magnética, código de barras biométrico, impressão UV, microimpressão, holograma ( CLR, plano de fundo do espaço 3D, efeito em relevo, etc.), chip de contato, chip sem contato, dados biométricos, etc.

Todas essas opções de personalização podem ser combinadas, o que fortalece ainda mais a segurança do documento. Assim, você pode encontrar o equilíbrio certo entre o nível de segurança desejado e seu orçamento. O custo de verificação da autenticidade do documento depende dos elementos de segurança usados ​​no cartão:

  • Recursos de segurança visíveis a olho nu: autenticação visual rápida e fácil, que não requer equipamento nem treinamento.
  • Elementos de segurança invisíveis a olho nu: autenticação por meio de equipamentos simples (lupa, lanterna, lâmpada UV, lâmpada infravermelha, caneta laser, etc.).
  • Elementos de segurança especializados: autenticação com equipamentos de laboratório complexos, o que requer um alto nível de habilidade e experiência.

Garantir a qualidade dos documentos emitidos

A qualidade do documento oficial é igualmente importante. Ela deveria:

  • fortalecer a segurança do documento,
  • projetar uma imagem oficial e moderna,
  • garantir a durabilidade do documento ao longo de vários anos.

Um cartão de plástico dura muito tempo e suporta bem o manuseio. Dependendo do acabamento, pode ter uma vida útil de até 10 anos (graças em particular a um módulo de laminação). Esta é uma vantagem real porque os documentos oficiais muitas vezes precisam ser guardados por muito tempo.

Uma foto de alta qualidade é necessária para garantir a identificação eficaz do titular do documento e, assim, reforçar a segurança do cartão. A qualidade dos cartões emitidos depende também da tecnologia de impressão utilizada. Impressão de ponta a ponta, nitidez de impressão superior, etc. Dependendo da aparência desejada, você pode escolher entre tecnologia D2T2 ou retransferência.

Os cartões plásticos também se beneficiam naturalmente de uma imagem oficial e de alta qualidade aos olhos da população. Com isso, também contribuem para a satisfação da população.

Alcançar essas metas otimizando custos

Um dos grandes desafios dos governos é o aspecto orçamentário. Embora os vários objetivos acima mencionados sejam inegavelmente importantes, o aspecto financeiro continua a ser inevitável. Em comparação com as impressoras industriais, uma frota de impressoras de mesa permite uma melhor otimização de custos em todas as fases da vida do produto:

  • Compra e instalação: as máquinas de mesa podem ser adquiridas muito rapidamente (dependendo do fornecedor) porque se beneficiam de um processo de fabricação mais rápido do que as máquinas de grandes séries. Depois de comprados, elas podem ser implementadas facilmente e instaladas com rapidez.
  • Uso: o uso de máquinas desktop é simples e não requer habilidades especiais. Seu manuseio intuitivo torna possível iniciar rapidamente os trabalhos de impressão, ao contrário das impressoras de grandes séries, que geralmente são mais complexas.
  • Manutenção: a manutenção das impressoras de cartões é muito simples, seja trocando a fita, recarregando os cartões ou realizando reparos. E, claro, enquanto você realiza a manutenção em uma impressora, todas as outras permanecem operacionais. Isso garante a continuidade do serviço, o que não acontece com uma única máquina industrial.

Terminais de autosserviço para emissão de documentos oficiais

As impressoras de cartões também podem ser integradas em terminais de autosserviço. Esses terminais permitem que os usuários executem facilmente várias operações de forma independente. Esses terminais permitem que os documentos oficiais do cartão sejam impressos e renovados instantaneamente. O processo é assim acelerado e totalmente automatizado. Os terminais podem ser implantados em todo o país, a fim de cobrir os locais mais remotos, ou seja, nas áreas rurais.

Esses terminais são desenvolvidos em parceria com integradores de sistemas especialistas, e funcionalidades adicionais podem ser integradas para complementar a impressão de cartões, perfeitamente adaptados às suas necessidades.

Tablets de assinatura eletrônica: simplifique processos, otimize custos

A produção de documentos oficiais geralmente requer a assinatura do cidadão. As assinaturas em papel envolvem muitas restrições: processo longo (impressão, digitalização, armazenamento, envio), dificuldade de encontrar o documento em papel rapidamente uma vez arquivado, custo significativo associado ao equipamento necessário (impressora de papel, papel, tinta, scanner, etc.), segurança não otimizada dos dados dos habitantes, etc. A solução para essas restrições é o uso de tablets de assinatura eletrônica.

Solução única para um projeto único

Nossa equipe de engenheiros, dedicada a pesquisar e implementar seus projetos, apoia governos há mais de 20 anos. Quaisquer que sejam o escopo e a complexidade, eles usam todo o conhecimento de que dispõem para realizar o seu projeto. É por isso que podemos oferecer soluções totalmente customizadas.